RSS

Marmoraria é interditada por causa de barulho

22 fev

Uma empresa do setor de rochas de Cachoeiro de Itapemirim teve as atividades interditadas no início do mês, pelo Ministério Público do Espírito Santo (MPES). A atividade de polimento de rochas ornamentais foi embargada devido à geração de ruídos, perturbando a vizinhança, e também pela falta de licenciamento ambiental e de alvará de funcionamento.

A empresa Samex Granitos, que funciona no bairro Coramara, teve que assinar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) junto ao MPES e tem um prazo para regularizar a licença ambiental junto ao órgão competente e adotar uma medida técnica eficaz para eliminação da poluição sonora.

Além disso, a empresa descumpria termos acordados com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e com o Ministério Público, visto que, há cerca de um ano, os órgãos vinham tentando fazer com que a indústria se adequasse à legislação ambiental. “A interdição só foi utilizada como último recurso, após muito diálogo e tentativas de resolver o problema sem medidas extremas”, explica o secretário municipal de Meio Ambiente, Paulo Stelzer.

O empresário já havia sido autuado, notificado e intimado a tomar as medidas cabíveis para regularizar a empresa. Enquanto a atividade embargada não for regularizada, não poderá voltar a funcionar. O dono da marmoraria não foi localizado para comentar o caso.

 

Fonte: A Gazeta

 
Deixe um comentário

Publicado por em fevereiro 22, 2013 em Noticias

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: