RSS

Planejar é Preciso! O impacto do Planejamento tributário no resultado das empresas

22 fev

A importância do planejamento tributário no resultado da empresa, uma escolha que irá caminhar com os gestores e empresários durante doze meses. Como prever e fazer a melhor opção de regime tributário?

A virada de mais um ano calendário é um momento importante na vida dos gestores e empresários, é a hora que paramos para revermos e avaliar os números, verificar as medidas tomadas no ano que passou, analisar os erros e acertos, definir metas, trabalhar as estratégias de mercado, verificar os custos da empresa e trabalhar de forma competitiva no mercado, para tanto é preciso planejar, rever as medidas cabíveis a serem tomadas de modo que as decisões tomadas serão reflexo nos números da empresa por todo ano que se inicia, uma vez que nossa legislação não permite mudanças durante o ano.

A importância de um bom planejamento afeta diretamente os resultados dos negócios, tendo em vista a nossa alta carga tributária que varia de 20% a 50%, com um alto índice de leis e obrigações acessórias, os gestores devem sempre estar atentos as mudanças. Nem sempre a opção por um regime tributário será a melhor, deve se fazer uma análise detalhada, afim de quebrar algumas informações que se fazem vícios no mercado, como por exemplo: a empresa ser optante pelo SIMPLES é a melhor opção, isso pode ser um erro, ao analisar os números da empresa, demonstrando que os Regimes tributários noLucro Presumido e no Lucro Real podem vir a ser mais vantajoso.

Para tanto são necessários profissionais dotados de competências (Conhecimentos, Habilidades e Atitudes) técnicas, que evitem vícios e erros dentro da legislação, de modo que o fisco não venha punir as empresas por algum ato de omissão de informação ou erro em interpretação das normas vigentes.

Portanto, a tarefa de planejar não é uma tarefa simples e rápida, é uma tarefa que requer paciência por parte dos envolvidos, é preciso que os empresários tenham o auxílio de um profissional que conheça o ramo da empresa e as peculiaridades que ele tem dentro da legislação, que os números sejam expostos junto com as metas da empresa para o decorrer do ano. Quais as estratégias estabelecidas para o próximo ano? O que eu tenho? O que eu quero? Quais despesas podem ser diminuídas? Como aumentar minha competitividade no mercado? Com algumas perguntas e um relatório de respostas desejáveis, pode se iniciar o processo de planejamento fazendo simulações e esboços de cálculos nos regimes tributários para alcançar tais números e respostas.

É importante que a empresa trabalhe o ano com foco na opção feita, e que cumpra as metas para alcançar os objetivos, ponham em práticas as respostas desejadas nas perguntas feitas antes do planejamento, seguindo essa linha de raciocínio, o planejamento tributário atrelado a uma boa gestão que se comprometa a segui-lo, e direcionar as ações durante o exercício voltadas a opção escolhida, certamente os números serão favoráveis e o trabalho terá sido gratificante no final do ano.

Eder R. De Aquino.
CONTAFE

 
Deixe um comentário

Publicado por em fevereiro 22, 2013 em Noticias

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: