RSS

Controle os gastos da sua empresa

01 ago

Por possuírem menos condições e informações sobre planejamento orçamentário, as pequenas e médias empresas devem prestar ainda mais atenção a todas as etapas de um negócio.

Objetivo de todo empresário, o resultado positivo na gestão administrativa nem sempre é algo fácil de ser alcançado. O que poucos sabem é que o problema pode surgir antes mesmo da existência da própria empresa: quando a maioria dos gerenciadores inicia um negócio, acaba por não se atentar à necessidade de existir um planejamento adequado, o que acarreta, em muitos casos, na falência logo nos primeiros anos. Apesar de vivermos na era da tecnologia e da informação, controlar os gastos do próprio negócio ainda é um tabu para muitos.

Por possuírem menos condições e informações sobre planejamento orçamentário, as pequenas e médias empresas devem prestar ainda mais atenção a todas as etapas de um negócio, desde a produção até a gestão financeira. Ou seja, não adianta produzir e vender, se não existir um projeto financeiro pré-estabelecido. Uma organização que já começa investindo de maneira errada dificilmente consegue recuperar os lucros posteriormente e tende a não passar dos primeiros anos de vida.

Apesar de muitas pessoas verem isso como algo complexo, gerir financeiramente uma empresa nada mais é que ficar atento aos resultados das atitudes tomadas e ser cauteloso para que o dinheiro não entre pela porta e saia pelas janelas. Aqui, ressalto novamente a necessidade de se ter um planejamento prévio para a realização desses projetos.

Além dessas medidas, faz-se necessário o uso de algumas ferramentas para que seja possível demonstrar os resultados. Por exemplo, a utilização de um software especializado na contabilidade da empresa, no lugar das planilhas do Excel, facilitará a elaboração dos demonstrativos, possibilitando a organização de todos os itens mensais e a projeção para os momentos futuros.

É possível que uma empresa tenha uma economia significativa caso efetue o planejamento correto e elabore um orçamento baseado em fatos reais, apoiado em relatórios financeiros que mostrem como foi investida ou desperdiçada a receita. O objetivo, claro, é sempre corrigir os erros.

Gerir não significa fazer pessoalmente, operacionalmente, os processos. Gerir é ter ao próprio alcance pessoas ou instrumentos que possibilitem entender e interpretar o resultado final das operações.

Dora Ramos

Fonte: Portal Administradores

 
Deixe um comentário

Publicado por em agosto 1, 2013 em Noticias

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: