RSS

Chegou a hora de juntar a papelada para fazer a declaração do IR 2013

08 jan

Início de ano é hora de colocar as finanças em dia e se preparar para prestar contas ao Leão. Apesar de o prazo para a entrega da declaração do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) começar apenas em março, a seleção dos documentos para preencher o documento requer trabalho e atenção. Por isso, não é bom deixar tudo para a última hora.

Uma forma de agilizar o processo é  juntar os comprovantes de pagamentos, recebimentos e informes de rendimento. O prazo final para as empresas enviarem o informe é até o dia 28 de fevereiro, mas muitas companhias costumam antecipar a entrega, o que favorece o contribuinte. Há, ainda, fontes pagadoras que permitem a impressão do documento diretamente do site da empresa, como planos de saúde e instituições financeiras, por exemplo. O número do recibo da declaração do ano passado também é imprescindível para a conclusão do preenchimento.

Para facilitar o preenchimento é possível resgatar os dados da declaração anterior com o respectivo recibo. “Caso o contribuinte tenha perdido o recibo, é preciso ir a uma unidade da Receita Federal para solicitar o número. Se for o caso, é bom aproveitar para fazer isso no início do ano, quando ainda não há filas”, orienta o presidente do CRC-SP (Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo), Luiz Fernando Nóbrega.

Com a mudança na tabela do IR (veja quadros abaixo), mais contribuintes ficarão livres do desconto do imposto na folha de pagamento, ou seja, da tributação na fonte, em 2013. Mas, para a entrega da declaração, deve-se considerar os valores referentes ao ano passado. O teto para a isenção é de até R$ 1.637,11. Até 2011 era até R$1.566,61. Para 2013, o teto é de R$ 1.710,78.

Tabela progressiva para o cálculo mensal do IRPF para o exercício de 2013, ano-calendário de 2012.

Base de cálculo mensal em R$

Alíquota %

Parcela a deduzir do imposto em R$

Até R$ 1.637,11

De R$1.637,12 até R$2.453,50

7,5

R$122,78

De R$2.453,51 até R$3.271,38

15,0

R$306,80

De R$3.271,39 até R$4.087,65

22,5

R$552,15

Acima de R$4.087,65

27,5

R$756,53

 

Tabela progressiva para o cálculo mensal do IRPF para o exercício de 2014, ano-calendário de 2013.

Base de cálculo mensal em R$

Alíquota %

Parcela a deduzir do imposto em R$

Até R$ 1.710,78

De R$ 1.710,79 até R$ 2.563,91

7,5

R$ 128,31

De R$ 2.563,92 até R$ 3.418,59

15,0

R$ 320,60

De R$ 3.418,60 até R$ 4.271,59

22,5

R$ 577,00

Acima de
R$ 4.271,59

27,5

R$ 790,58

 

Sobre o CRC SP
O CRC-SP (Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo) faz parte do sistema de registro e fiscalização do exercício da profissão contábil. Em seus registros ativos constam mais de 140 mil profissionais e mais de 20 mil empresas de serviços contábeis. Esses profissionais e empresas contam com um diversificado programa de educação profissional continuada, com palestras, seminários e oficinas realizados na capital e no interior.

Fonte: CRC-SP

 
Deixe um comentário

Publicado por em janeiro 8, 2013 em Noticias

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: